Imagem
 Numa tarde chuvosa, o Penelense, com muitas limitações e cinco atletas  dos juniores no banco de suplentes, recebeu o primeiro classificado da  Série D, conseguindo um empate com o Sp. Pombal a chegar ao golo a cinco minutos do fim de grande penalidade.
Começou melhor o Sp. Pombal com maior posse de bola, contudo sem  conseguir importunar a baliza à guarda de Mauro. A equipa da casa respondia com contra-ataques rápidos e boas movimentações dos homens da frente, mas as ocasiões de golo escassearam durante o primeiro tempo  pelo que o nulo ao intervalo era esclarecedor do equilíbrio reinante.
A segunda metade iniciou- -se com um grande golo de Baba após cruzamento de Eric para a área. A equipa de Penela podia ter aumentado a vantagem  em duas ocasiões: num livre directo, aos 55 minutos, e num falhanço de  Filipe Pita quando se encontrava sozinho perante a oposição de Ângelo.
As oportunidades surgiam em catadupa para os comandados de Jorge Duarte. Samuel Garrido e Eric foram os jogadores do Penelense a contribuir para a injustiça que já se verificava no marcador, tantos foram os golos  falhados por parte da turma caseira.
Com o jogo a caminhar para o fim, o Penelense tinha o jogo controlado e  Sp. Pombal não conseguia encontrar maneira de empatar e segurar a  liderança no campeonato. Contudo, aos 85 minutos, acontecem os “casos” do jogo. Celestino, que estava a ser o melhor em campo, viu o cartão  vermelho por acumulação e o árbitro assinalou grande penalidade num  lance que gerou muita contestação dos jogadores e adeptos locais. Para  pior a situação, acrescentar que o árbitro assistente assinalou pontapé  de canto no lance da grande penalidade.Indiferente a tudo isto,
Pedro Emanuel fez o empate quando apenas  faltavam cinco minutos para o fim. A partir daí o jogo arrastou-se e até final apenas destaque para a estreia do
júnior David Hingá nos locais.  Os comandados de Jorge Duarte fizeram um grande
jogo, mas pecaram na  hora de visar as redes defendidas por Ângelo, enquanto o
Sp. Pombal terá que fazer muito melhor para manter a liderança na III
Divisão.
Arbitragem do trio que viajou de Lisboa com algumas decisões
duvidosas.

 



Your comment will be posted after it is approved.


Leave a Reply.